GERIATRIA CANINA (CÃES IDOSOS)

GERIATRIA CANINA (CÃES IDOSOS)

Os canídeos com 6 ou mais anos de idade são considerados, em Medicina Veterinária, animais geriátricos, merecendo da parte do seu proprietário e médico veterinário uma atenção e dedicação redobrada.

O reconhecimento precoce de doenças associadas com a idade do seu cão (ex.: osteoartrose, diabetes, cataratas, insuficiência cardíaca, entre outras), permite ao médico veterinário actuar de imediato, evitando assim que as mesmas venham causar demasiado sofrimento ao seu animal.

Devem ser realizados alguns exames de acordo com as várias doenças existentes, os quais recomendamos realizar pelo menos, 1 vez/ano:

  • Perfil geral: mediante a recolha de uma pequena porção de sangue periférico são realizadas análises bioquímicas, que nos indicam em que estado se encontram vários órgãos vitais, tais como o Fígado, Rins e Pâncreas. Além disso, permite-nos também saber se apresenta ou não anemia, bem como alguma infecção latente que ainda não se tenha manifestado.

  • Exame oftalmológico: os olhos são orgãos muito importante no bem estar do seu animal. O aparecimento de cataratas, a diminuição da produção lacrimal (“olho seco”), o aumento da PIO (Pressão Intra-Ocular), entre outras alterações, provocam uma perda de visão progressiva no seu “amigo”, levando em muitos casos a uma cegueira permanente. Com o intuito de diagnosticar o mais cedo possível estas alterações, estão ao nosso dispor vários meios de diagnóstico:
    • Teste de Shirmer: este teste consiste na aplicação de uma pequena tira de papel na superfície do olho durante cerca de 1 minuto. Vai dizer-nos se a produção lacrimal é normal ou se está reduzida, permitindo-nos evitar o aparecimento de uma queratoconjuntivite seca (“olho seco”).
    • Tonometria: este teste é realizado com o auxílio de um instrumento (Tonómetro de Schiotz), o qual é aplicado por breves segundos sobre a córnea, de forma perpendicular. É especialmente importante pois permite-nos determinar a pressão intra-ocular de cada olho, nomeadamente em cães que padecem de Glaucoma.
    • Oftalmoscopia: mediante o uso de um oftalmoscópio, o Médico Veterinário vai observar a integridade da câmara anterior, cristalino, câmara posterior e “fundo do olho”, com especial atenção para a retina. Neste processo são passíveis de ser diagnosticados casos de Cataratas, Uveítes, Desprendimentos da retina, entre outros.
  • Exame Cardíaco: as doenças cardíacas são das que mais frequentemente se encontram presentes num cão geriátrico, sendo responsáveis pela morte precoce de muitos animais quando não são atempadamente diagnosticadas. Com o objectivo de evitar que este tipo de situação venha a ocorrer ao seu “companheiro”, é aconselhável realizar os seguintes exames de diagnóstico:
    • Electrocardiograma: este exame é muito fácil de realizar, rápido e indolor, mas de extrema importância no reconhecimento precoce de arritmias cardíacas. Estas arritmias se permanecerem sem tratamento, vão acabar por originar uma insuficiência cardíaca muito grave, que infelizmente levam à morte do seu animal.
    • Radiografias Torácicas: mediante a realização de uma radiografia ao tórax, é-nos possível observar órgãos muito importantes, tais como o coração e pulmões. Este meio de diagnóstico permite-nos visualizar várias patologias pulmonares (ex. Nódulos tumorais), bem como cardíacas (ex. Cardiomiopatias), sendo de extrema utilidade na prática clínica.
    • Ecocardiografia: a ecografia cardíaca é um meio de diagnóstico muito útil na identificação de várias doenças cardíacas, em conjunto com os exames referidos anteriormente. Problemas como a dilatação/hipertrofia do miocárdio são frequentemente encontrados no exame ecocardiográfico, possibilitando ao médico veterinário agir em conformidade.
    • Doppler: este aparelho permite efectuar a medição da pressão arterial, na medida em que nos animais geriátricos a hipertensão é uma doença cada vez mais diagnosticada.

Lembre-se que ao realizar este check-up anualmente, estará a contribuir enormemente para o bem estar e felicidade da sua mascote.