TREINAR O CACHORRO PARA FAZER NECESSIDADES

TREINAR O CACHORRO PARA FAZER NECESSIDADES

Ao contrário do que possa pensar, educar um cão em casa exige bem mais do que um jornal velho: é necessário vigilância, paciência e muita perseverança. Seguindo os procedimentos abaixo indicados conseguirá minimizar pequenos descuidos do seu cachorro em casa, mas praticamente todos os cachorros terão pelo menos um descuido e muito provavelmente vários! Esteja à espera disto pois faz parte da educação de um cachorro! No entanto, quanto mais consistente for em seguir os procedimentos básicos de educação mais rapidamente verá o seu cachorro ter um comportamento aceitável. Educar um cachorro pode demorar várias semanas ou mesmo meses. Nas raças mais pequenas pode demorar mais tempo!

Estabelecer uma Rotina

Tal como os bebés, os cachorros portam-se melhor quando se estabelece uma rotina. Leve o seu cachorro à rua frequentemente. O mais indicado seria de 2 em 2 horas, e imediatamente após ele acordar, brincar, comer e beber.

Felicite-o exuberantemente sempre que ele defecar/urinar na rua. Pode mesmo dar-lhe uma recompensa, mas faça-o sempre após o acto e nunca depois de ele ter voltado a casa. Isto é fundamental para que ele perceba o que os donos esperam que ele faça.

Escolha um local que sirva de casa-de-banho perto de casa e leve sempre o seu cachorro a esse local usando uma trela. Brinque com ele ou prolongue o passeio só depois de ele ter feito as necessidades aí. Se ele defecar/urinar em casa, limpe com um papel e deixe-o no local que escolheu como WC. O cheiro ajudará o cachorro a reconhecer a área como o local onde ele deve fazer as necessidades e enquanto ele o faz use uma frase curta que poderá depois repetir para o lembrar do que deve fazer e onde.

Se alimentar o seu cachorro sempre às mesmas horas e se lhe der uma dieta de alta qualidade verá que todo este controlo se torna mais fácil. Por regra, os cachorros devem ser alimentados três a quatro vezes por dia. Se as refeições forem dadas sempre à mesma hora, é mais provável que o cachorro tenha necessidade de defecar às mesmas horas também.

Não deve ser dada ao cachorro uma única oportunidade de defecar/urinar dentro de casa: mantenha-o sempre debaixo de olho enquanto estiver em casa, prenda-o com uma coleira ou limite o espaço onde ele circula a uma divisão da casa onde estejam os dois. Esteja atento aos sinais que demonstrem que vai fazer necessidades (como cheirar muito o chão ou andar em círculos) para poder agarrar na trela e levá-lo ao local de WC que escolheu. Depois de tudo feito, felicite-o e dê-lhe uma recompensa.

Confinamento

Quando lhe for impossível estar de vigilância ao seu cachorro, deve confiná-lo a um local tão pequeno que ele não tenha vontade de fazer as necessidades aí. O espaço deve apenas permitir-lhe deitar-se, sentar-se e dar a volta confortavelmente. Pode usar uma parte de uma WC ou marquise bloqueada com grades para crianças. Se o seu cachorro passar várias horas em confinamento, assim que o deixar sair terá de o levar directamente ao local de WC ou à rua, e felicitá-lo logo que fizer as necessidades aí.

Conte com alguns pequenos acidentes em casa. Quando isso acontecer deve:

  • se o apanhar no acto dentro de casa, interrompa-o (mas não o assuste, por exemplo faça um baralho) e leve-o directamente ao WC, felicite-o e recompense-o se ele acabar por fazer as necessidades aí,
  • não castigue o seu cachorro por fazer as necessidades dentro de casa. Se encontrar uma zona da casa suja, será demasiado tarde para o corrigir. Simplesmente limpe a zona. Esfregar o nariz do cão no chão sujo, levá-lo ao WC e repreendê-lo ou qualquer outro acto de punição irá apenas fazê-lo ter medo de si ou ter medo de fazer necessidades à sua frente. Na verdade, castigá-lo fará mais mal que bem.
  • limpar a zona suja é muito importante porque os cachorros continuarão a fazer as necessidades em locais que cheirem a fezes ou urina.

Fazer em casa

Não se pode esperar que um cachorro de 6 meses de idade consiga controlar a bexiga durante muito tempo. Se tem de estar ausente de casa mais de quatro ou cinco horas, esta poderá não ser a melhor altura para adquirir um cachorro; talvez seja melhor um cão mais velho que consiga esperar em casa por si. No entanto, se já tem o cachorro, será melhor arranjar um vizinho ou uma petsitter que leve o cachorro à rua por si. Alternativamente, poderá treinar o cachorro a fazer as necessidades num sítio específico da casa, mas atenção que isto prolongará o processo educativo. Ensinar o seu cão a fazer as necessidades em jornais ou resguardos próprios, pode originar uma preferência por esse tipo de superfície para toda a vida, o que significa que mesmo em adulto o seu cão poderá fazer as necessidades em qualquer jornal que veja na sala.

Problemas não relacionados com treino canino

Se seguiu estes procedimentos e o seu cachorro continua a fazer as necessidades dentro de casa, pode haver outro motivo para isso acontecer:

  • problemas médicos – problemas físicos como infecções do tracto urinário ou infecções parasitárias. Fale com o seu veterinário.
  • micção por excitação/ submissão – alguns cães, principalmente os mais novos, perdem temporariamente o controlo da bexiga quando se excitam ou sentem ameaçados. Isto acontece geralmente em situações de brincadeira intensa ou quando estão prestes a ser castigados.
  • marcação de território – os cães (machos e fêmeas) às vezes depositam pequenas quantidades de urina ou fezes para marcar o território com o seu cheiro, geralmente quando sentem que o seu território foi invadido.
  • ansiedade de separação – cães que ficam ansiosos quando ficam sozinhos podem fazer as necessidades em casa. Geralmente manifestam outros sintomas como comportamento de destruição e vocalização.
  • medos ou fobias – quando os animais ficam assustados, podem perder controlo da bexiga/ intestino. Isto pode acontecer, por exemplo, em situações de trovoadas ou relâmpagos.